TD Software

Exportação de Grãos e Carne Devem Crescer

Dados constam no estudo "Projeções do Agronegócio", produzido pela Secretaria de Política Agrícola do Mapa.

A exportação brasileira de grãos deve registrar crescimento de 40% nos próximos 10 anos, segundo previsão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

No total, serão enviadas 138 milhões de toneladas de grãos ao mercado internacional em 2029, acréscimo de 39 milhões de toneladas em relação a 2019. Os dados constam no estudo “Projeções do Agronegócio”, produzido pela Secretaria de Política Agrícola do Mapa.

O algodão em pluma é um dos destaques e deverá registrar aumento nas vendas externas em 43%, a soja em grão, 42%; e o milho, 33%. Entre os principais produtos exportados, o açúcar sai de 18 milhões de toneladas alcançando 24 milhões de toneladas, e o café, de 35 milhões de sacas para 41,2 milhões de sacas.

O estudo destaca que, na safra 2028/2029, 35,5% da produção de soja devem ser destinados ao mercado interno, no caso do milho, 65,3%; e no café, 49,2%.

“Haverá, assim uma dupla pressão sobre o aumento da produção nacional, devida ao crescimento do mercado interno e das exportações do país. As carnes deverão ter uma forte importância no crescimento”, afirma o documento.

A produção brasileira de carne bovina deve atingir o montante de 10,6 mil toneladas em 2029, crescimento de 24,6% ante as 8,5 mil toneladas projetadas para 2019, aponta estudo divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Segundo o estudo Projeções do Agronegócio, Brasil 2018/2019 a 2028/2029, o crescimento da produção de carne bovina no país deve apresentar um ritmo de 1,7% ao ano na próxima década. O consumo interno, por sua vez, deve apresentar avanço anual de 1% no mesmo período, acumulando crescimento de 18,8% em uma década, para 7,46 mil toneladas.

Exportações de Carne Bovina

Para as exportações de carne bovina, a previsão do Mapa é de que as vendas aumentem 3% ao ano na próxima década, acumulando crescimento de 32,3% até 2029. Os grandes mercados para a carne bovina são representados por China, Estados Unidos, Países da África e Oriente Médio, Japão, e Coréia do Sul, aponta o estudo.

O Mapa menciona ainda as projeções do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), segundo as quais o Brasil será o maior exportador mundial de carne bovina em 2028. O ranking americano inclui Índia, Austrália e EUA como segundo, terceiro e quarto lugar, respectivamente.

Conheça os Softwares Agropecuários que irão ajudar você a controlar e gerenciar melhor a sua propriedade rural (Agrícultura e/ou Pecuária)

Acesse: www.agropecuaria.inf.br

Autor: Portal DBO
Fonte: MAPA

Leia outros artigos